Terapias

Um dos nossos principais objetivos é promover uma melhor qualidade de vida dos pacientes, familiares, amigos e cuidadores. Para isso, oferecemos diversas terapias de neurorreabilitação, de apoio e complementares que visam ajudar na luta contra a Esclerose Múltipla e vão desde o tratamento médico até o suporte emocional. Confira as terapias:

Acolhimento

Ao entrar na ABEM, o paciente passa pelo Acolhimento, pelo qual ele recebe todas as orientações sobre a associação, esclarece suas dúvidas e é encaminhado para os tratamentos mais indicados.

Terapias de Neurorreabilitação

Terapias de Apoio

Terapias Complementares

Terapia Cultural

Terapias

Um dos nossos principais objetivos é promover uma melhor qualidade de vida dos pacientes, familiares, amigos e cuidadores. Para isso, oferecemos diversas terapias de neurorreabilitação, de apoio e complementares que visam ajudar na luta contra a Esclerose Múltipla e vão desde o tratamento médico até o suporte emocional. Confira as terapias:

Acolhimento

Ao entrar na ABEM, o paciente passa pelo Acolhimento, pelo qual ele recebe todas as orientações sobre a associação, esclarece suas dúvidas e é encaminhado para os tratamentos mais indicados.

Terapias de neurorreabilitação

Psicologia

Em breve

A Esclerose Múltipla afeta muito as emoções e sentimentos de quem convive com ela. Pacientes com Esclerose Múltipla podem ter na Psicologia, uma fonte alternativa de apoio emocional, fator extremamente importante para sua qualidade de vida. 

A ABEM, por acreditar na importância de oferecer a todos os Pacientes o equilíbrio entre a saúde física e emocional, oferece a Psicoterapia entre suas atividades regulares. 

O Psicólogo Maurício Ossamu Bando trabalha com Pacientes no sentido de promover equilíbrio entre corpo e mente. Conviver com a Esclerose Múltipla é um desafio diário. Para garantir a qualidade de vida dos Pacientes, o apoio psicológico torna-se fundamental. 

Mesmo que a doença atinja duas vezes mais mulheres, há muitos homens que possuem Esclerose Múltipla e precisam de atenção, porém, nem sempre da mesma forma.

Para discutir assuntos do universo masculino com liberdade e amizade, a ABEM tem o Grupo de Homens que se reúne periodicamente com o Psicólogo Maurício Ossamu Bando.   Juntos, Pacientes podem conversar sobre temas diversos, sempre de forma livre, com respeito e sem desconforto.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

O diagnóstico da Esclerose Múltipla afeta não só o Paciente, mas também as pessoas próximas, como família e amigos. Tão importante quanto a ajuda para quem tem Esclerose Múltipla é dar atenção para aquelas pessoas que dedicaram parte de suas vidas e do seu tempo ao cuidado desses Pacientes: os Cuidadores.

A ABEM disponibiliza um grupo de apoio voltado exclusivamente a ouvi-los. Muitas vezes esses cuidadores não só convivem com as dificuldades dos Pacientes, mas também possuem os seus próprios problemas pessoais e angústias. E é por isso que a ABEM procura saber como esses indivíduos estão, tratando-os sempre com humanidade e cidadania, para que estejam felizes consigo mesmos e, dessa forma, estejam felizes também com os Pacientes sob seus cuidados.

Maria Aparecida Juliana, ou apenas Cida, é uma das pessoas que já participou do Grupo de Cuidadores da ABEM. Ela conta a importância de ter feito parte dessa iniciativa. “É uma troca de informações muito importante, ajuda muito no nosso dia a dia com o Paciente”, diz. Para ela, um dos pontos mais importantes é a questão da ligação emocional proporcionada. “Criamos um vínculo muito forte com os Pacientes e outros Cuidadores. Acabamos nos tornando muito amigos, quase uma família”, completa.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, a Esclerose Múltipla é uma doença que atinge principalmente pessoas Jovens, entre 20 e 30 anos. Em plena fase ativa, esses Pacientes acabam encontrando muitas dificuldades para realizar atividades do dia a dia, como tarefas domésticas ou do próprio trabalho.

A ABEM abriu espaço para que Jovens se reúnam em grupo com o Psicólogo Maurício Ossamu Bando periodicamente para conversar e aprender juntos como conviver com a Esclerose Múltipla. É no encontro com o outro que se obtém compreensão sobre si mesmo e a doença. Assim, encontrar um grupo nessa mesma fase da vida significa apoio.

Glauce Rocha começou a frequentar o grupo há um ano. “Quis participar para poder ter uma ‘troca’ com meus amigos, saber como eles lidam com a Esclerose Múltipla e assim aprender também”, conta. Ela também diz que a terapia tem uma importância grande no autoconhecimento. “Poder conversar com outros jovens me inspira, é um exercício que faz você conhecer melhor o outro para conhecer melhor a si mesmo”.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Neuropsicologia

A perda da capacidade cognitiva, mecanismo utilizado pelo ser humano para entender, planejar e conectar-se com o que acontece em sua volta, é uma realidade comum para Pacientes com Esclerose Múltipla. Por isso, a Neuropsicologia é uma especialidade importante no auxílio aos diagnósticos de déficits cognitivos (atenção, concentração e memória), bem como na indicação de tratamento e exercícios individuais ou em grupo para prevenção.

Essa é mais uma das terapias que os Pacientes de Esclerose Múltipla encontram na ABEM que dispõe de uma Equipe de Profissionais para realizar testes psicométricos desenvolvidos especialmente para avaliar memória, atenção, coordenação, entre outras funções cognitivas.

Agende sua consulta: (11) 5587-6050

Fisioterapia

Pacientes com Esclerose Múltipla tem na Fisioterapia importante aliada no tratamento dos sintomas. As técnicas e exercícios são fundamentais para amenizar, por exemplo, dificuldades de equilíbrio e movimento, ocorrências muito comuns para quem tem a doença. Dessa forma, a Fisioterapia se torna essencial na busca de melhoria de qualidade de vida dos Pacientes.

Os Fisioterapeutas da ABEM são habilitados em Neurologia, isso porque os exercícios para Pacientes com Esclerose Múltipla devem ser especializados, ajudando na neurorreabilitação e, consequentemente, facilitando as tarefas do dia a dia.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Pilates

O Pilates é muito importante para Pacientes de Esclerose Múltipla que possuem problemas musculares e de mobilidade. Os exercícios de Pilates aumentam a flexibilidade e, em alguns casos, podem agir no tratamento de incontinências, que também são problemas comuns em Pacientes de Esclerose Múltipla. Além disso, ajuda diminuir inchaços, melhorar a respiração e a circulação.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Arteterapia

A Arteterapia é um processo terapêutico que utiliza os expressivos recursos artísticos para estimular o desenvolvimento do conteúdo emocional e possibilitar o encontro consigo mesmo. Pinturas, músicas e contos facilitam o processo de autoconhecimento e promovem a autoestima, a melhoria nos relacionamentos e o bem-estar. Na ABEM, um tema específico é trabalhado a cada ciclo de Arteterapia. 

A paciente Eliana Astro diz que fazer arte é com ela mesma! E ela já mostrou isso na ABEM. “Resolvi entrar na terapia para poder fazer algo com as mãos. O que não imaginava é que iria desenvolver também o meu instinto emocional”, explica Eliana. Na Arteterapia, Eliana produziu diversas peças, como por exemplo, uma mandala de lã e um quadro. “Descobri que colocava também meus sentimentos nos trabalhos que fazia, como uma forma de expressão. Recomendo para todo mundo”, diz Eliana reforçando a importância desta modalidade de terapia alternativa.
Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Fonoaudiologia

Em breve

Neurovisão

Problemas na visão, na maioria das vezes, são os primeiros sintomas a aparecer em casos de Esclerose Múltipla. Visão dupla, embaçada ou turva, ou até mesmo perda da mesma em um dos olhos, são obstáculos difíceis que afetam a qualidade de vida dos pacientes. Para tratar dessas disfunções é que existe a especialidade da Neurovisão, fundamental para recuperação do bem-estar e saúde ocular. Na ABEM, o profissional habilitado em Neurovisão utiliza exercícios visuais que auxiliam na reorganização visual, colaborando também para recuperar funções importantes como  equilíbrio e movimento.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Terapia ocupacional (T.O)

O Terapeuta Ocupacional dedica-se ao tratamento, desenvolvimento e reabilitação dos Pacientes com Esclerose Múltipla, promovendo atividades com fim específico de restaurar e reforçar sua atuação, facilitar a aprendizagem de habilidades e funções essenciais para sua adaptação e produtividade, promovendo também a manutenção da saúde.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Terapias de apoio

Psiquiatria

A Esclerose Múltipla é uma doença que além de prejudicar funções físicas dos Pacientes, pode acarretar alguns distúrbios psíquicos, por isso é comum diagnósticos de depressão, transtorno bipolar, esquizofrenia, transtornos de ansiedade, entre outros, como comorbidades (quando duas ou mais doenças estão etiologicamente relacionadas) em Pacientes com Esclerose Múltipla. Portanto, em alguns casos, o acompanhamento psiquiátrico se torna extremamente importante para a reabilitação psíquica.

Ao oferecer a Psiquiatria aos pacientes, a ABEM tem como meta principal a prevenção e o alívio dos sofrimentos psíquicos, promovendo bem-estar. A Dra. Carla Tubertini é a Psiquiatra da ABEM, responsável pelo diagnóstico, tratamento e reabilitação dos pacientes.

A Dra. Carla fala sobre a Psiquiatria e sua importância para os Pacientes de Esclerose Múltipla. “O tratamento psiquiátrico, principalmente se combinado com outras áreas, como a neurologia e psicologia, agrega muito na melhora do quadro mental”, diz.

Ela fala também sobre as diferenças entre a psiquiatria e psicologia. “O Psiquiatra é o profissional habilitado a receitar medicamentos, o que acontece principalmente quando o caso tem alterações orgânicas e psíquicas importantes, a psicologia realiza o tratamento mais voltado aos aspectos emocionais”. A Dra. Carla ainda diz. “É importante que o paciente receba esse olhar mais ampliado sobre os seus problemas e seja encorajado, em muitos dos casos, a uma mudança de comportamento”, finaliza.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Neurologia

A Esclerose Múltipla é uma doença neurológica que afeta o Sistema Nervoso Central. Portanto, é a Neurologia a área da medicina responsável pelo diagnóstico da doença e pelo direcionamento do tratamento de Neurorreabilitação. Em outras palavras, o Neurologista é essencial para os Pacientes com Esclerose Múltipla.

A equipe de Neurologia da ABEM auxilia Pacientes de diversas formas: fornece orientações internas, ajuda na compreensão da doença e indica as melhores condutas de neurorreabilitação a serem tomadas. Além disso, os profissionais da ABEM auxiliam na validação de laudos de Pacientes de todo o Brasil. É também a equipe de Neurologia que dá apoio e suporte a equipe Multidisciplinar na área da saúde e a equipe de Pesquisa da ABEM.

Urologia

A prevalência de sintomas urinários em pacientes com Esclerose Múltipla é de 80%. Um número alto e perigoso, pois os problemas são bastante variados: incontinência urinária, frequência ou urgência para urinar são alguns exemplos. Disfunções como essas podem gerar quadros ainda mais sérios, como infecções graves e intervenções cirúrgicas.

Mais do que tratar problemas como esses, nós da ABEM oferecemos a Urologia para todos os pacientes com o objetivo principal de prevenir complicações futuras. O acompanhamento precisa ser feito de perto e individualmente, e qualquer paciente pode marcar as consultas, realizadas todas as terças-feiras, aqui na ABEM.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Terapias complementares

Shiatsu

Uma massagem capaz de aliviar as dores e tirar o peso dos problemas do dia a dia. É esse o poder do Shiatsu. A técnica chinesa utiliza principalmente as mãos e os cotovelos para pressionar determinados pontos do corpo e estimular ou diminuir a circulação do sangue. Com isso, causa bem estar e relaxamento, e auxilia na recuperação de energia e movimentos físicos.

Pacientes com Esclerose Múltipla encontram nessa terapia, uma alternativa para tratar de diversas dores que podem surgir com o desenvolvimento da doença. E a ABEM, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de seus Pacientes, oferece sessões de Shiatsu semanalmente, com o terapeuta Milton Tamotsu Omura.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Mesa Lira

Mesa Lira é um dos instrumentos da musicoterapia, ciência que utiliza frequências sonoras, sons e músicas como ferramentas terapêuticas. No tratamento com Mesa Lira, o paciente deita sobre uma grande caixa de ressonância (daí o nome “mesa”) com quarenta e duas cordas na parte de baixo, todas afinadas em Ré. O terapeuta então dedilha as cordas variando intensidade e velocidade, o que pode levar a diversas sensações, como um profundo relaxamento.

Além de alcançar a audição, a terapia proporciona uma “massagem sonora” percebida por todo o corpo, atingindo principalmente os sistemas nervoso, respiratório e muscular, causando alívio em dores musculares, ansiedade e capacidade respiratória. É indicada para pacientes com doenças neurológicas, como Esclerose Múltipla, ou dores crônicas e musculares, além de estresse, insônia, autismo, entre outros.

A ABEM procura sempre se manter atualizada quanto a novos tratamentos disponíveis para, assim, aliviar tensões e estresse vivenciados pelos pacientes no dia a dia. Durante uma hora, a terapeuta da ABEM, Teresa Kam, aproveita também outras técnicas como Litoterapia, Radiestesia e Cromoterapia, de acordo com a necessidade do paciente.

Tubos Sonoros

Juntamente com a Mesa Lira utiliza-se um jogo de Tubos Sonoros afinados em uma sequência de 5as. (Fá, Dó, Sol, Ré, Lá, Mi, Si) suspensos sobre o paciente. A atuação vibratória dos tubos é direcionada aos centros energéticos do corpo e age através de ressonância com os mesmos. Apesar de sua atuação sutil, é claramente perceptível pelo paciente e pode ser medida por meio de técnica radiestésica.

Quem pode participar? 

Familiares, amigos e cuidadores podem participar desde que estejam com a situação cadastral em dia.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Oficina de música

Uma atividade prazerosa que também pode ser excelente terapia para uma pessoa com Esclerose Múltipla: o Canto Coral.

Os benefícios da música no tratamento de diversas doenças são amplamente conhecidos. O canto coral possui ainda vantagens extras:

■  Terapia extremamente energética, revitalizante e ordenadora, realizada em grupo, o que possibilita ouvir e perceber o outro.

■ Contribui para reduzir transtornos emocionais, como estresse e depressão.

■ Contribui também para o autoconhecimento. O canto ativa a coragem para o mundo e a experiência de si mesmo.

■  Beneficia as cordas vocais, promovendo seu fortalecimento.

Uma vez por semana, a Professora Laya Lopes toca e canta na ABEM com pessoas interessadas (amigos, familiares e pacientes). Os exercícios da terapia ainda incluem técnicas de alongamento e relaxamento, que fazem bem tanto para o sistema muscular (bruxismo), quanto para o sistema respiratório (asma e bronquite).

As técnicas vocais também colaboram com a audição (surdez) e a fala (disfonia, rouquidão e gagueira), aspectos importantes no processo de neurorreabilitação da Esclerose Múltipla, pois o canto ativa o restabelecimento do sistema imunológico.

Agende uma reunião: (11) 5587 6050

Acupuntura

Técnica milenar da medicina chinesa, a acupuntura é uma das várias terapias indicadas para o tratamento dos pacientes com Esclerose Múltipla.  Suas sessões, quando feitas regularmente, causam alívio para sintomas comuns da doença, como a dor, problemas de bexiga, espasticidade, dormência, formigamento e até mesmo depressão.

Com tantos benefícios, nós da ABEM não poderíamos deixar de oferecer essa terapia aos nossos pacientes.

E quem indica a acupuntura da ABEM?

A nossa querida Magali Martins está entre os pacientes que fizeram acupuntura conosco e conta sobre as melhoras que sentiu. “Eu tinha uma dor de cabeça crônica, que não passava nunca. Foi só começar com a acupuntura e nunca mais tive. Senti um alívio muito grande na dor nas costas, que para nós que somos cadeirantes é algo que incomoda bastante, e também nas pernas”.

Por fim, ela afirma. “Entre todas as terapias que já fiz na ABEM, acupuntura está entre as melhores. Estou ansiosa para voltar esse ano”.

Terapia da alma

A Esclerose Múltipla afeta muito as emoções e sentimentos de quem convive com ela. E, para tratar desses aspectos tão importantes da vida, uma inovadora atividade terapêutica pode ser a ideal: a Terapia da Alma, um trabalho feito em grupo e que lida com as questões interiores ligadas a espiritualidade dos indivíduos.

Pacientes com Esclerose Múltipla podem ter, nessa terapia, uma fonte alternativa de apoio emocional, fator extremamente importante para a qualidade de vida. E nós da ABEM, por acreditar na importância de oferecer a todos o equilíbrio entre a saúde física e emocional, não poderíamos deixar de ter a Terapia da Alma entre as nossas atividades regulares. O psicólogo Mauricio Ossamu Bando trabalha com os pacientes o sentido do equilíbrio entre corpo – mente e espírito.

E quem indica a Terapia da Alma na ABEM?

Nossa paciente Márcia Bonilha já está na terapia há um ano e meio. “Como estou sempre aqui, fui convidada a participar da Terapia da Alma também. E posso dizer que foi uma das melhores coisas que fiz na ABEM”, diz.

Ela conta no que as sessões foram mais importantes. “Eu percebi que tinha muitas travas em mim, e fazer a terapia me ajudou a ‘desembaraçar’ muitas coisas. Acabou me ajudando em tudo”.

Serviço:  Para agendamento, ligue: (11) 5587-6050

Terapias Energéticas Associadas (T.E.A.) 

Terapias energéticas são alternativas poderosas para pacientes com Esclerose Múltipla no alívio das dores, do cansaço, entre outros sintomas que afetam bastante a qualidade de vida. Quando trabalhadas juntas, as alternativas formam a T.E.A. ou Terapias Energéticas Associadas.

Cada uma delas tem características de atuação diferentes e sua eficácia pode variar de pessoa para pessoa. A ABEM realiza o atendimento do T.E.A. semanalmente, por intermédio da terapeuta Teresa Kam, que analisa o caso de cada pessoa para utilização individualizada ou combinada das terapias. Cada sessão envolve relaxamento e autoconhecimento, buscando proporcionar melhora física e energética da pessoa. A ABEM oferece também tratamento com Mesa Lira e Tubos Sonoros, dois dos instrumentos utilizados na musicoterapia, ciência que utiliza frequências sonoras, sons e músicas como ferramentas terapêuticas.

– Reflexologia: A Reflexologia é um tipo de terapia feita por fisioterapeuta ou por acupunturista que usa o estímulo de pontos do corpo, chamados de plexos nervosos, como pés, mãos, nariz, crânio e orelhas, para combater problemas físicos e mentais.
– Acupuntura: Técnica milenar da medicina chinesa, a acupuntura é uma das várias terapias indicadas para o tratamento dos pacientes com Esclerose Múltipla.  Suas sessões, quando feitas regularmente, causam alívio para sintomas comuns da doença, como a dor, problemas de bexiga, espasticidade, dormência, formigamento e até mesmo depressão.
– Shiatsu: Uma massagem capaz de aliviar dores e tirar o peso dos problemas do dia a dia. Esse é o poder do Shiatsu. A técnica chinesa utiliza principalmente mãos e cotovelos para pressionar determinados pontos do corpo e estimular ou diminuir a circulação do sangue. Com isso, leva bem estar e relaxamento, auxiliando na recuperação de energia e movimentos físicos.
– Reiki: Utiliza a energia vital e universal irradiada pelas mãos. Promove o bem estar, restabelece o funcionamento do organismo, ativa as glândulas, revitaliza e equilibra o sistema nervoso e o sistema imunológico, traz harmonia e clareza de pensamentos.
– Cromoterapia: Utiliza as energias vibracionais das cores para restabelecer o equilíbrio bioenergético dos seres vivos. Associa os sintomas físicos às causas emocionais e assim elimina a forma negativa de pensamento, causadora de males físicos e emocionais.
– Litoterapia: Utiliza os cristais de rocha sobre o corpo durante o tempo da terapia, harmonizando os campos energéticos. Os cristais têm o poder de limpar, transformar e ativar as energias dos chakras.
– Mesa Lira e Tubos Sonoros: No tratamento com a Mesa Lira, o paciente deita em cima de uma grande caixa (daí o nome “mesa”) de ressonância com quarenta e duas cordas na parte de baixo, todas afinadas em Ré. O terapeuta então dedilha as cordas variando a intensidade e velocidade, o que pode levar a diversas sensações, como um profundo relaxamento. Já o jogo de Tubos Sonoros, que ficam suspensos sob o paciente, utiliza a vibração dos tubos direcionada aos centros energéticos do corpo e age através de ressonância com os mesmos.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050

Florais

Os Florais de Bach foram criados na década 30 pelo médico inglês Edward Bach, que era um cirurgião, bacteriologista, imunologista e homeopata de sucesso. Entendendo o ser humano em sua totalidade, Dr. Bach acreditava que emoções equilibradas podiam promover uma melhor condição de saúde e bem-estar, e assim, após anos de pesquisa e sensibilidade, ele desenvolveu 38 essências que ajudam a equilibrar uma característica ou estado emocional negativo.

Os Florais de Bach, portanto, não visam combater as doenças e nem mudam as situações reais de vida, mas sim, disponibilizam uma atitude de enfrentamento diferente frente aos desafios cotidianos, como os medos, os traumas, a falta de concentração, o nervosismo, a impaciência, o desânimo, a falta de autoconfiança, a insônia, a baixa estima, dentre outros.

Cada fórmula é específica para cada pessoa, ou seja, cada caso é um caso, e assim será indicada uma fórmula única, num único vidro conta gotas, com posologia habitual de 4 gotas/4 vezes ao dia.

As consultas são mensais, e é quando se é avaliada a nova condição do indivíduo e lhe é indicada uma nova fórmula. Uma melhora estável depende da continuidade do tratamento por um determinado período, que será variável conforme o caso.

A Terapia Floral de Bach não tem contraindicação e pode ser utilizada conjuntamente com as mais diversas práticas terapêuticas, porém, por tratar-se de uma Terapia Complementar não deve ser utilizada como substituição ao tratamento médico/psicológico/psiquiátrico convencional.

Desde 1983 os Florais de Bach são recomendados pela OMS-Organização Mundial de Saúde, como prática integrativa e complementar à medicina convencional

Para agendamento, ligue: (11) 5587-6050.

Terapia cultural

Por envolver trabalho artístico com a técnica terapêutica do Psicodrama, a Terapia Cultural pode ser considerada tanto como terapia de neurorreabilitação como terapia complementar.

A Terapia Cultural da ABEM é um projeto único que envolve arte e terapia, resultando em manifestação cultural que tem como base principal as emoções de cada um. A Psicoterapeuta Rosimeire de Brito é a responsável por conduzir na ABEM os encontros do grupo que resultam em  manifestação cultural que tem como base principal as emoções de cada um.

Com técnica inovadora criada na ABEM, chamada Terapia Psicodramática Orientada, os pacientes desenvolvem, a partir de suas próprias vivências e sentimentos, produção artística, como peça de teatro espontâneo, apresentação musical e até mesmo sarau. O nascimento da arte acontece no grupo e a escolha é do grupo.

Nesse processo o grupo trabalha junto para dramatizar conteúdos vindos de suas experiências individuais. É o chamado Psicodrama, que utiliza representações dramáticas que envolvem o contexto social e emocional dos pacientes para desconstruir conservas culturais e despertar a criatividade.

Agende sua consulta: (11) 5587 6050